Processo de Maria Ortega

Crime/Acusação

superstições e feitiçaria, pacto com o demónio, bruxaria

Data da prisão

12/03/1637

Estado civil

solteira

Idade

33 anos

Mãe

Feliciana

Morada

Lisboa

Naturalidade

Santa Marta, Reino de Castela

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Incógnito

Sentença

auto-da-fé de 11/10/1637, abjuração de veemente, cárcere a arbítrio, ser açoitada publicamente, degredo por 5 anos para as partes do Brasil, pagamento de custas.

Notas

A ré era mulata e escrava de Isabel Duzana