Processo de Luzia Barbalha Bezerra

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

09/04/1731

Estado civil

solteira

Estatuto social

1/2 cristã-nova

Idade

50 anos

Mãe

Vitória Barbalha Bezerra, cristã-velha

Morada

Embribeira, Paraíba, Brasil

Naturalidade

Engenho de Inhohim, Brasil

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Diogo Nunes Tomás, cristão-novo, lavrador de roça

Sentença

auto-da-fé de 24/07/1735. Abjuração de veemente, cárcere a arbítrio dos inquisidores, penitências espirituais, pagamento de custas