Processo de Manuel Simões

Crime/Acusação

fingimento de visões e favores especiais de Deus, e proposições heréticas.

Data da prisão

14/12/1734

Estado civil

solteiro

Estatuto social

cristão-velho

Idade

13 anos

Mãe

Maria Rodrigues, cristã-velha

Morada

Quinta do Cabeço, freguesia de Nossa Senhora dos Olivais, Lisboa

Naturalidade

Lugar de Quintã, termo da vila de Aveiro, bispado de Coimbra

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Manuel Simões, "o Maio", cristão-velho, pedreiro

Sentença

29/07/1735. Foi repreendido, e que não tornasse à freguesia dos Olivais sob pena de ser gravemente castigado.

Cargos, funções, actividades

sem ofício

Outras formas do nome

alcunha "o Maio"