Processo de Ventura da Costa

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

25/05/1669

Estado civil

solteiro

Estatuto social

parte de cristão-novo

Idade

Mais de 25

Mãe

Antónia Rodrigues, parte de cristã-nova

Morada

Lisboa

Naturalidade

Coimbra

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

António da Costa, cristão-velho, sirgueiro

Sentença

auto-da-fé de 10/12/1673. Ir ao auto-da-fé com vela acesa na mão, abjuração de veemente, cárcere a arbítrio dos inquisidores, instrução na fé católica, penitências espirituais, pagamento de custas.

Cargos, funções, actividades

[criado]

Notas

O réu foi [criado] de Manuel Monteiro.