Processo de Francisco de Almeida Negrão

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

20/09/1673

Estado civil

casado

Estatuto social

parte de cristão-novo

Idade

46 anos

Mãe

Branca da Rua

Morada

vila da Pederneira, Nazaré

Naturalidade

vila da Pederneira, Nazaré

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Pedro de Almeida, pescador

Sentença

auto-da-fé de 10/05/1682. Abjuração de veemente, degredo para o Brasil, por três anos, cárcere a arbítrio dos inquisidores, penitências espirituais, pagamento de custas

Cônjuge

Isabel Luís, cristã-velha

Cargos, funções, actividades

pescador