Processo de Inês Ana

Crime/Acusação

superstições e feitiçaria (pacto com o demónio)

Data da prisão

06/03/1750

Estado civil

casada

Estatuto social

cristã-velha

Idade

50 anos

Mãe

Inês Ana Maria

Morada

Barroca, bispado de Leiria

Naturalidade

Cortes, bispado de Leiria

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Mateus Antunes, barbeiro

Sentença

auto-da-fé de 24/09/1752. Abjuração de leve, degredo para o arcebispado de Évora, por três anos, penitências espirituais, pagamento de custas.

Cônjuge

Manuel Dias dos Santos, trabalhador