Processo de Francisco de Outeda

Crime/Acusação

uso indevido da autoridade do Santo Ofício

Data da prisão

03/07/1771

Estado civil

solteiro

Idade

23 anos

Mãe

Baltherova Gaga

Morada

Lisboa

Naturalidade

Santa Maria de Paradela , bispado de Santiago de Compstela

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Julião de Outeda, lavrador

Sentença

advertido a não reincidir e aconselhado a proceder como bom católico.

Cargos, funções, actividades

"Homem de Ganhar"

Notas

Não tem acórdão. O réu fingiu passar por oficial do Santo Ofício para efectuar uma prisão.