Processo de Miguel Fernandes

Crime/Acusação

bigamia

Data da prisão

16/12/1720

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-velho

Idade

25 anos

Mãe

Isabel Gonçalves, "a Picada"

Morada

Aldeia de Santa Margarida, termo da vila de Proença, bispado da Guarda

Naturalidade

Quinta do Monte do Bispo, freguesia de Caria

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Manuel Fernandes, "o Penteado", almocreve

Sentença

auto-da-fé de 10/10/1723. Abjuração de leve, açoitado pelas ruas públicas de Lisboa, degredo para as galés, por cinco anos, penitências.

Cônjuge

Maria Dias

Cargos, funções, actividades

almocreve

Notas

O réu casou a segunda vez com Brizida Fernandes.

Outras formas do nome

Miguel Gonçalves