Processo de Margarida Mendes

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

31/10/1720

Estado civil

casada

Estatuto social

[cristã-velha]

Idade

28 anos

Mãe

Brites Mendes, cristã-velha

Morada

Rio de Janeiro

Naturalidade

Rio de Janeiro

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Francisco Mendes Simões, [cristão-velho], capitão de infantaria em Angola

Sentença

auto-da-fé de 10/10/1723. Absolvida da instância, sufrágios religiosos, bens sequestrados e entregues aos herdeiros

Cônjuge

Bernardo Ribeiro, lavrador de mandioca

Notas

A ré morreu nos cárceres da Inquisição