Processo de Manuel Jorge

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

18/11/1733

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-velho

Idade

46 anos

Mãe

Ana Jorge, cristã-velha

Morada

Celorico da Beira, bispado da Guarda

Naturalidade

Lugar do Cubo, freguesia de São Julião de Mangualde, bispado de Viseu

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Manuel do Loureiro, cristão-velho, criado de Simão Paio do Amaral

Sentença

auto-da-fé de 01/09/1737.Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito perpétuo, penitências espirituais.

Cônjuge

Luísa de Matos, cristã-nova

Cargos, funções, actividades

tratante