Processo de Marcelina Maria

Crime/Acusação

superstição e feitiçaria

Data da prisão

24/08/1734

Estado civil

solteira

Estatuto social

preta, escrava

Idade

26 anos

Mãe

Luzia, preta

Morada

Rocio, Lisboa

Naturalidade

Lisboa

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

António, preto

Sentença

na Mesa em 23/12/1734. Abjuração de leve, instrução na fé, penas e penitências espirituais.

Notas

A ré era escrava de João Eufrásio de Figueiroa, escrivão da Casa da Índia, natural de Rio de Janeiro, morador no Rossio, Lisboa. Tinha dois filhos: Joaquina, filha de Domingos Gonçalves de Lagos, e José, filho de um desembargador.