Processo de João da Costa

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

24/10/1737

Estado civil

solteiro

Estatuto social

cristão-velho

Idade

21 anos

Mãe

Margarida da Costa, cristã-velha

Morada

Lisboa

Naturalidade

Avis, arcebispado de Évora

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Manuel Lourenço, cristão-velho, trabalhador

Sentença

auto-da-fé privado de 06/11/1739. Absolvido "ab instância".

Cargos, funções, actividades

sapateiro