Processo de António Garcia

Crime/Acusação

blasfémia

Data da prisão

27/09/1591

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-novo

Idade

50 anos

Mãe

Ana Fernandes

Morada

Tancos

Naturalidade

Tancos

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Duarte Garcia

Sentença

08/10/1591. Absolvido da instancia.

Cônjuge

Maria Ferreira, cristã-nova

Cargos, funções, actividades

Estalajadeiro, foi aprendiz de alfaiate