Processo de Josefa Nunes

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

10/05/1753

Estado civil

casada

Estatuto social

Parte de cristã-nova

Idade

30 anos

Mãe

Clara Nunes, cristã-nova

Morada

Zebreira, bispado da Guarda

Naturalidade

Ladoeiro, termo de Idanha-a-Nova

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Manuel Lopes, "o Bicho", 1/2 cristão-novo, rendeiro, que foi dos terços.

Sentença

19/05/1754. Confisco de bens, ir ao auto-da-fé, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial a arbítrio, penitências espirituais.

Cônjuge

Pedro Lopes, sapateiro

Notas

Em 12/12/1749, a ré já se tinha apresentado.