Processo de Manuel Fragoso de Albuquerque

Crime/Acusação

bigamia/poligamia

Data da prisão

18/10/1752

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-velho

Idade

40 anos

Mãe

Lauriana Lopes

Morada

Carerinovo, Pernambuco

Naturalidade

Icô, Bispado de Pernambuco

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Miguel de Abreu e Albuquerque, maqueiro

Sentença

auto-da-fé de 29/05/1754, abjuração de leve, ser açoitado publicamente, degredo por 5 anos para as galés, penitências espirituais, pagamento de custas.

Cônjuge

Joana Lopes

Cargos, funções, actividades

ferreiro

Notas

O réu casou 2ªvez com Francisca Rodrigues da Silva