Processo de Isabel Munhoz

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

20/09/1573

Estado civil

casada

Estatuto social

cristã-nova

Mãe

Maria Gonçalves, cristã-velha

Morada

Lisboa

Naturalidade

Portalegre

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Rui Lopes, cristão-velho, ambrador d'el rei e da rainha

Sentença

auto-da-fé de [--- ?]/01/1574. Abjuração de leve, cárcere a arbítrio.

Cônjuge

Marcos Dias, cristão-velho, que vivia fazendo alguns negócios que lhe encomendavam.

Notas

A ré, foi presa juntamente com a sua irmã Ana Lopes.