Processo de Isabel Dias

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

27/03/1558

Estado civil

casada

Estatuto social

cristã-nova

Idade

23 anos

Mãe

Isabel Nunes

Morada

Lisboa

Naturalidade

Porto

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Simão Gonçalves

Sentença

auto-da-fé de 24/09/1559. Abjuração em forma, cárcere e hábito perpétuo.

Cônjuge

Jorge Rodrigues, meio cristão-novo, calceteiro e alfaite

Notas

Em 1560, a ré foi mandada soltar.

Outras formas do nome

Isabel Rodrigues