Processo de Gaspar Rodrigues de Paiva

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

29/03/1632

Estado civil

viúvo

Estatuto social

cristão-novo

Idade

45 anos

Mãe

Catarina de Paiva

Morada

Idanha-A-Nova

Naturalidade

Idanha-A-Nova

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Manuel Rodrigues

Sentença

auto-da-fé de 02/04/1634. Abjuração de veemente, cárcere a arbítrio dos inquisidores, penitências espirituais.

Cônjuge

Ana Rodrigues

Cargos, funções, actividades

mercador e rendeiro