Processo de João Garcia

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

12/07/1734

Estado civil

Solteiro

Estatuto social

parte de cristão-novo

Idade

14 anos

Mãe

Ana Soares, parte de cristã-nova

Morada

Fundão

Naturalidade

Celorico da Beira

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

António Garcia, parte de cristão-novo, ex-mercador e agora sapateiro

Sentença

Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito perpétuo, penitências espirituais.

Cargos, funções, actividades

sapateiro