Processo de João Rodrigues de Morais

Crime/Acusação

abuso do sacramento da ordem

Data da prisão

30/08/1734

Estado civil

solteiro

Estatuto social

cristão-velho

Idade

21 anos

Mãe

Maria Dias

Morada

Vila Rica de Ouro Preto, nas Minas, bispado do Rio de Janeiro, Brasil

Naturalidade

Miranda do Douro

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Manuel Rodrigues de Morais, alfaiate

Sentença

auto-da-fé de 24/07/1735. Abjuração de leve, suspenso para sempre do exercício das suas ordens, ser açoitado publicamente, degredo para as galés por tempo de 6 anos e penitências espirituais.

Cargos, funções, actividades

clérigo "In Minoribus"

Notas

Em 1736, estando o réu preso na galé foi consultado pelo médico nos cárceres que lhe diagnosticou tísica.