Processo de João Lopes Correia

  • Código de referência: PT/TT/TSO-IL/028/00366
  • Crime/Acusação: sacrilégio
  • Estado civil: casado
  • Mãe: Ana Maria [a Noura], de alcunha
  • Morada: lugar da Ribeira da Verdelha, freguesia de Santa Maria de Loures
  • Naturalidade: lugar da Ribeira da Verdelha, freguesia de Santa Maria de Loures
  • Origem: Inquisição de Lisboa
  • Pai: João Lopes (Correia), moleiro
  • Cônjuge: Brízida Maria
  • Cargos, funções, actividades: moleiro
  • Notas: Sentença: auto-da-fé de 11/03/1780. Absolvido, mas advertido a não reincidir em semelhante falta. Preso na cadeia do Castelo. Trata-se de um sumário de acusações contra o réu e não de um processo. Data da primeira acusação: 07/09/1779.
  • Outras formas do nome: João Lopes, alcunhas: "Rei Mouro" e "o Fuaco"