Processo de Clara Rodrigues

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

21/03/1703

Estado civil

viúva

Estatuto social

cristã- nova

Idade

46 anos

Mãe

Maria Nunes

Morada

São Vicente da Beira, Guarda

Naturalidade

São Vicente de Beira

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Sebastião Rodrigues, mercador

Sentença

confisco de bens, ir ao auto-da-fé, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuo sem remissão, degredo para Angola, por cinco anos, penitências espirituais.

Cônjuge

Francisco Rodrigues da Costa