Processo de Diogo Gonçalves

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

19/04/1558

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-novo

Idade

43 anos

Mãe

Catarina Gonçalves

Morada

Braga

Naturalidade

Braga

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Álvaro Gonçalves

Sentença

4/09/1559. Abjuração em forma, cárcere com hábito penitencial perpétuos.

Cônjuge

Branca Dias, cristã-nova

Cargos, funções, actividades

mercador