Processo de Manuel da Costa Nabo

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

11/06/1609

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-novo

Idade

34 anos

Mãe

Leonor Lopes

Morada

Lisboa

Naturalidade

Lisboa

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

António Lopes, cristão-novo, confeiteiro

Sentença

auto-da-fé de 031/07/1611. Abjuração de veemente, cárcere a arbítrio, penitências espirituais.

Cônjuge

Gracia da Silveira, cristã-nova

Cargos, funções, actividades

ourives da prata

Outras formas do nome

Manuel Lopes Nabo