Processo de Ana da Encarnação

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

05/09/1607

Estado civil

solteiro

Estatuto social

cristã-nova

Idade

14 anos

Mãe

Leonor Rodrigues, cristã-nova, solteira

Morada

Lisboa

Naturalidade

Santarém

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

António Ferreira, cristão-novo, contratador da Alfândega de Lisboa

Sentença

auto-da-fé de 05/04/1609. Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial a arbítrio, penitências espirituais.

Notas

A ré foi posta em liberdade a 13/04/1609.

Outras formas do nome

Ana Ferreira