Processo de João Marques Correia

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

13/07/1703

Estado civil

solteiro

Estatuto social

cristão-novo

Idade

32 anos

Mãe

Maria José, cristã-nova

Morada

Aljustrel

Naturalidade

Beja

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Luís Marques, cristão-novo, mercador

Sentença

auto-da-fé de 22/03/1705. Abjuração de veemente, cárcere a arbítrio, penitências espirituais.

Cargos, funções, actividades

médico

Notas

O réu veio para esta Inquisição em 20/11/1720, depois de ter sido preso pela Inquisição de Évora em 19/10/1723; são 2 processos.