Processo de Diogo de Melo

Crime/Acusação

islamismo

Data da prisão

29/10/1543

Estatuto social

mourisco forro

Morada

Tavira

Origem

Inquisição de Lisboa

Sentença

auto-da-fé, abjuração pública,cárcere perpétuo, hábito a arbítrio.

Notas

Foi cativo de Manuel de Melo

Data da reconciliação

1543