Processo de António Mascarenhas

Crime/Acusação

bruxaria e feitiçaria

Data da prisão

28/11/1742

Estado civil

solteiro

Estatuto social

escravo de Jerónimo Fernandes de Aguiar

Idade

25 anos

Morada

Funchal, ilha da Madeira

Naturalidade

Angola

Origem

Inquisição de Lisboa

Sentença

auto-da-fé de 22/06/1744. Ir ao auto-da-fé com carocha e rótulo de feitiçeiro, abjuração em forma, açoitado publicamente, cárcere e hábito penitêncial perpétuo, degredo para as galés, por cinco anos, não voltar a entrar na ilha da Madeira, penitências espirituais, instrução na fé católica.

Notas

Em 03/07/1742, o réu foi preso na ilha da Madeira.