Processo do padre António Pedro de Carvalho

Crime/Acusação

solicitação

Data da prisão

05/09/1767

Estado civil

solteiro

Estatuto social

cristão-velho

Idade

44 anos

Mãe

Maria Carvalho

Morada

freguesia de Nossa Senhora da Pena, Lisboa

Naturalidade

Canhestro, freguesia de Santa Ana da Carmeta, Alenquer

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Pedro Rodrigues, lavrador

Sentença

auto-da-fé de 31/08/1768. Abjuração de veemente, privado para sempre do poder de confessor e de dizer missa, suspensão das Ordens, por dez anos, pelo mesmo tempo, degredo em Coimbra, degredo perpétuo em Lisboa, penitências espirituais.

Cargos, funções, actividades

sacerdote do hábito de São Pedro, confessor, ex-capelão das Almas da Irmandade do Santíssimo na freguesia de Nossa Senhora do Socorro

Notas

O réu era também capelão de Nossa Senhora da Caridade, na ermida do hospital de São Lázaro.

Outras formas do nome

António Rodrigues