Processo de Diogo Fernandes

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

02/12/1562

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-novo

Idade

50 anos

Mãe

Maria Fernandes

Morada

Calçado Velho, Lisboa

Naturalidade

Lisboa

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Afonso Vaz

Sentença

auto-da-fé de 16/05/1563. Abjuração em forma, cárcere com hábito penitencial a arbítrio.

Cônjuge

Beatriz Mendes, outro nome: Brites Mendes

Cargos, funções, actividades

sapateiro