Processo de Diogo Nunes Tomás

  • Código de referência: PT/TT/TSO-IL/028/00196
  • Crime/Acusação: judaísmo
  • Data da prisão: 06/10/1729
  • Estado civil: casado
  • Estatuto social: cristão-novo
  • Idade: 83 anos
  • Mãe: Guiomar Nunes
  • Morada: Engenho Novo na Paraíba, bispado de Pernambuco
  • Naturalidade: Serinhais, Pernambuco
  • Origem: Inquisição de Lisboa
  • Pai: Diogo Nunes Tomás
  • Cônjuge: Vitória Barbalha Bezerra
  • Cargos, funções, actividades: tenente
  • Notas: Por despacho da Mesa de 05/12/1730, foi ordenado que a sua sentença fosse lida no auto público de fé, fossem confiscados seus bens, que fosse levantada a excomunhão nos autos, e que os autos fossem levados ao Conselho Geral. O réu faleceu de apoplexia na prisão a 20/03/1730.