Processo de mestre Álvaro de Cadaval

Crime/Acusação

heresia

Data da prisão

26/01/1566

Estado civil

solteiro

Estatuto social

cristão-velho

Idade

53 anos

Mãe

Ana Álvares de Cadaval

Morada

Lisboa

Naturalidade

Tuy, Espanha

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

João de Cadaval, homem fidalgo

Sentença

auto-da-fé privado de 07/09/1566. Abjuração de leve, cárcere e hábito penitencial a arbítrio dos inquisidores, instrução na fé católica, penitências espirituais.

Cargos, funções, actividades

poeta, orador, mestre de latim e grego, bacharel em Artes

Notas

Em 02/10/1566, o réu foi solto. O réu ensinou latim num colégio da cidade de Braga.

Outras formas do nome

Álvaro de Cadaval Valadares de Sotomayor