Processo de Manuel Dias Pereira

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

05/12/1702

Estado civil

casado

Idade

30 anos

Mãe

Guiomar Lopes

Morada

Torres Novas

Naturalidade

Soutelo Verde, Reino da Galiza

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

João Dias Pereira, cristão-novo, tratante

Sentença

09/09/1703. Confisco de bens, ir ao auto-da-fé, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial a arbítrio, penitências espirituais

Cônjuge

Isabel Maria, cristã-nova

Cargos, funções, actividades

estanqueiro de tabaco

Notas

Estatuto social:parte de cristão-novo