Processo de D. Bernarda de Cerqueira

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

31/10/1667

Estado civil

viúva

Estatuto social

cristã-velha

Idade

80 anos

Mãe

Joana de Castro, cristã-velha

Morada

Quinta da Maceira, Leiria

Naturalidade

Pombal

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

António Coelho Cerqueira, cristão-velho, nobre

Sentença

auto-da-fé de 10/12/1673. Excomunhão maior, confisco de bens, seus ossos desenterrados e relaxada em estátua à justiça secular.

Cônjuge

Manuel Botelho Cid, cristão-velho, vivia de sua fazenda

Notas

Em 04/09/1669, a ré faleceu no cárcere.