Processo de Matias Pereira

Crime/Acusação

solicitação

Data da prisão

08/08/1671

Estado civil

solteiro

Idade

50 anos

Mãe

D. Maria Correia

Morada

convento de Nossa Senhora da Graça, Lisboa

Naturalidade

Alcochete

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Manuel Pereira de Faria

Sentença

auto-da-fé de 08/10/1671. Abjuração de leve, privado de voz activa e passiva e do poder de confessar, suspensão das ordens, por cinco anos, reclusão no Convento de Penafirme, por dez anos.

Cargos, funções, actividades

frei, religioso da Ordem do Eremita de Santo Agostinho, sacerdote e pregador