Processo de Manuel Gonçalves

Crime/Acusação

bigamia

Data da prisão

01/02/1672

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-velho

Idade

41 anos

Mãe

Antónia Vaz

Morada

Alcântara, Lisboa

Naturalidade

Montemor-o-Velho

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

João Gonçalves, alcunha: "o Secreto", oleiro

Sentença

Abjuração de leve, açoitado pelas ruas públicas de Lisboa, seis anos de degredo nas galés, cárcere a arbítrio, penitências espirituais.

Cônjuge

Ana Rodrigues ou Francisca, alcunha "a Soldada"

Cargos, funções, actividades

oleiro

Notas

O réu casou com Bárbara Luís, estando viva ainda a sua 1.º mulher.