Processo de Joaquim da Silva Freire

  • Código de referência: PT/TT/TSO-IL/028/00048
  • Crime/Acusação: impedir o recto ministério do Santo Ofício (fazer-se passar por oficial da Santo Ofício, sequestrando bens e prendendo pessoas, apresentando por vezes documentos que falsificara).
  • Data da prisão: 05/02/1761
  • Estado civil: solteiro
  • Estatuto social: fidalgo da Casa Real
  • Idade: 18 anos
  • Mãe: D. Brizida Teresa Rosa
  • Morada: Lisboa
  • Naturalidade: Lisboa
  • Origem: Inquisição de Lisboa
  • Pai: Inocêncio Alvares da Silva Freire, desembargador da Casa da Suplicação
  • Sentença: auto-da-fé privado de 06/04/1761. Inabilitado para servir o Santo Ofício, degredado para o reino da Índia, para toda a vida, pagar o prejuízo causado.
  • Cargos, funções, actividades: bacharel formado em leis, conventual na Ordem de Cristo
  • Notas: O réu era familiar do Santo Ofício.