Processo de Diogo Moro

Crime/Acusação

luteranismo e calvinismo

Data da prisão

11/03/1755

Estado civil

solteiro

Idade

20 anos

Mãe

Catarina Moran

Morada

Lisboa, assistente em Lisboa

Naturalidade

Vila de Rossanova, Irlanda

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

José Moro, carpinteiro de navios

Sentença

auto-da-fé de 22/03/1755. Abjuração em forma, penitências espirituais.

Cargos, funções, actividades

marinheiro