Processo de João Martins Neto

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

11/09/1730

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-velho

Idade

57 anos

Mãe

Sebastiana Francisca Peixoto, cristã-velha

Morada

Belmonte, bispado da Guarda

Naturalidade

Belmonte, bispado da Guarda

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

João Martins Neto, cristão-velho, tecelão de panos

Sentença

auto-da-fé privado de 23/06/1732. Absolvido da Instância do Juízo, levantamento do sequestro de bens, pagamento de custas.

Cônjuge

Mariana Nunes

Cargos, funções, actividades

tratante de panos, alferes dos auxiliares