Processo de D. Felicitas Uchoa de Gusmão

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

07/04/1731

Estado civil

casada

Estatuto social

parte de cristã-nova

Idade

48 anos

Mãe

D. Antónia de Mendonça Uchoa

Morada

Forte Velho, Paraíba

Naturalidade

freguesia de S. Gonçalo de Tapecite

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Bartolomeu Peres de Gusmão

Sentença

auto-da-fé de 06/07/1732. Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuo, penitências espirituais.

Cônjuge

Luís da Fonseca Rego, que vivia de suas roças

Outras formas do nome

Felicitas Peres